Ir para conteúdo


Últimas Imagens da Galeria

   

* * * * *

O Fim de uma Era - parte 1

FFXIV 1.0 Era Fim

No último dia 31 de dezembro o velho Final Fantasy XIV teve seus servidores fechados para sempre, esperando a vinda do A Realm Reborn. Com isso uma parte da história do jogo nunca mais poderá ser aproveitada pelos jogadores. É essa história que irei contar aqui.
Introdução


No A Realm Reborn, mesmo que interligado com o velho Final Fantasy, não é contado a mesma história, mas sim continua ela depois de cinco anos do início da Sétima Era Umbral. Como os servidores do jogo foram fechados não haverá mais oportunidade para nenhum jogador seguir por essa história, e aqueles que começarem no A Realm Reborn vão ter muita pouca noção do que realmente aconteceu no passado do jogo.

A história aqui descrita será a dos personagens que começaram na cidade de Ul'Dah. E por ser um jogo online, no FFXIV o personagem principal sempre é o jogador, e por isso, ao mencionar o jogador no texto está se referindo ao personagem criado por você.

Também peço desculpas pelo texto tão grande, pois sei que algumas pessoas tem problemas com leituras longas. No FFXIV existem muitas cenas e informações que exigiram de mim bastante esforço para resumir num texto rápido, e essa é somente a primeira parte no total de sete, o que significa muitas coisas para serem contadas. Mas a leitura está rápida, e dar para ler em poucos minutos sem qualquer dificuldade, e espero que gostem. É o texto mais trabalhoso que já postei aqui na Final Fantasy Online.

~ Lesh


Flores para Todos


O jogador chega na cidade de Ul’Dah no meio de um festejo, meio sonolento na sua carruagem levada por chocobos. Quando desce ouve uma estranha voz dizendo "Sentir, pensar...", e ver no céu nuvens tempestuosas surgirem e abrirem para revela uma chuva de fogo. Surpreso, o jogador é trazido de volta à realidade pela voz alegre de uma criança próxima. Não havia mais voz e nem fogo caindo do céu.

Logo o festejo começava, com músicas e danças, e com gigantescas e mansas criaturas pressas por magias em carros alegóricos flutuantes. Nesse momento, uma linda Miqo’te distribui flores para as pessoas, e depois se vira para a criança que o personagem havia encontrado antes, e dar para ela essa tarefa. A Miqo’te em seguida pulou em um dos carros extasiando o público com a sua dança.

Imagem Postada


De repente, uma das imensas criaturas pressas se soltou depois do ecoar de uma corneta na rua. O taumaturgo que prendia a criatura tentou impedir a sua fuga, mas foi derrubada por ela com um golpe, deixando a criatura destruir o carro onde a Miqo’te estava. No meio do pânico, o jogador, um Elezen e um homem tatuado unem forças para combater o mostro, mas a criatura continuou correndo furiosa pela rua, indo contra a criança que distribuía as flores. Ela conseguiu ser salva graças ao pai, que recebeu o golpe da criatura, que bateu numa dura parede e caiu inconsciente no chão.


Continua na página 2








2 Comments

Po Lesh, cade o resto? Posta logo.
Eu preciso de tempo para fazer o resto, e tempo é o que tenho menos agora :(

Mas semana q vem tem mais (esse eu acabei de postar lol) e ainda tenho que traduzir a história do FFXI, o que também irá tomar um certo tempo. Mas serão 7 partes, e como espero que seja 1 parte por semana, só lá pra março que vai está completo.